Urologia: quando a especialidade médica deve ser procurada?

Além de doenças relacionadas ao sistema reprodutor masculino, o médico urologista cuida do trato urinário

Ao contrário do que se parece, o urologista não trata apenas de doenças relacionadas ao sistema reprodutor masculino e sim de todos os problemas relacionados ao trato urinário masculino e feminino. Isso inclui rins, ureter, bexiga e uretra. Esse especialista também deve ser procurado na presença de alguma queixa relacionada, como por exemplo: cólica renal, sangramento na urina, alterações na região genital masculina, perda urinária, dificuldade para urinar e infecção urinária recorrente.

O Dr. Daniel Makoto Tsuchie, urologista do Hospital Dom Alvarenga, conta que entre as doenças urológicas que afetam as mulheres estão infecções urinárias, bexiga hiperativa, incontinência urinária e cálculos. “Além disso, as mulheres podem ser afetadas por diversas patologias congênitas e tumores, como o câncer de rim e bexiga”.

O especialista reforça que várias patologias urológicas são crônicas e necessitam de acompanhamento periódico, como cálculos renais, bexiga hiperativa, incontinência urinária e tumores, por exemplo.

Além de tratar as doenças renais e vesicais que afetam tanto homens quanto mulheres, o urologista é extremamente importante para o cuidado da saúde masculina. O Dr. Daniel reforça que os homens devem ir anualmente ao urologista e que o check-up deve fazer parte do cotidiano masculino.

Durante o acompanhamento clínico, o médico solicita e analisa exames de rotina, como os de sangue, próstata (realizado em homens a partir dos 50 anos que não tenham histórico familiar de câncer de próstata e 45 anos para os que têm) e testes de níveis hormonais, como a testosterona – hormônio sexual masculino. Assim, o urologista cuida de forma completa da saúde masculina, de maneira preventiva.