Voltar

Você sabe o que é embolia pulmonar?

A embolia pulmonar ocorre devido a obstrução das artérias dos pulmões por coágulos, chamados também de trombos ou êmbolos que, na maioria das vezes, se formam nas veias profundas das pernas ou da pélvis e são liberados na corrente sanguínea.

A Pneumologista do Hospital Dom Alvarenga, Dra. Thaís Menezes, destaca a gravidade da embolia pulmonar. “A repercussão dessa obstrução da artéria pulmonar no lado direito do coração é o que determina a gravidade da doença, o que não tem, necessariamente, relação com o tamanho do trombo. ”

Fatores de risco

Qualquer pessoa pode apresentar um quadro de embolia pulmonar, mas algumas situações são fatores de risco para o aparecimento da doença, como imobilização, cirurgias e viagens muito longas. Dra. Thaís ressalta que além das situações de risco, algumas pessoas são mais propensas a desenvolverem a embolia pulmonar. “Algumas condições clínicas e hereditárias também contribuem para o aparecimento da doença, como histórico familiar de coágulos sanguíneos, tabagismo, histórico de doença cardíaca, vascular ou câncer”.

Sintomas

Dra. Thaís destaca alguns sintomas da embolia pulmonar. “A embolia pulmonar pode causar dor torácica repentina, falta de ar, batimentos cardíacos acelerados, sensação de desmaio e tontura. É importante ressaltar que o paciente precisa procurar ajuda médica imediatamente ao notar alguns desses sintomas”.

Embolia pulmonar e a COVID-19

A infecção pelo novo coronavírus tende a aumentar as chances de o paciente desenvolver coágulos e consequentemente a embolia pulmonar, principalmente naqueles que são acometidos pela forma grave da doença. “Em pacientes com COVID-19 e que necessitam de internação, quando indicado, é realizado o rastreamento de coágulos e da embolia pulmonar, visto que essa condição tem uma alta taxa de mortalidade”, reforça Dra. Thaís.

A embolia pulmonar é uma doença grave e merece atenção, por isso é muito importante manter o acompanhamento médico regular e realizar exames periódicos, principalmente os pacientes que são considerados do grupo de risco ou estão com o novo coronavírus.

As equipes do Hospital Dom Alvarenga estão prontas para atendê-los, sempre que necessário.

Fonte: Dra. Thais Carvalho Francescontonio Menezes, Pneumologista do Hospital Dom Alvarenga.

Publicado em: 12 de julho de 2021

Outras notícias

Hospital Dom Alvarenga inaugura nova UTI humanizadaLeia mais

Hospital Dom Alvarenga renova protocolos e amplia segurança contra o CoronavírusLeia mais

Hospital Dom Alvarenga garante segurança dos pacientes com geradores Cat®Leia mais